DOENTES POR FUTEBOL

Liga Futsal 2013: começou a principal competição de futsal do Brasil.

ligafutsal_home

O papo é futsal e a Doentes por Futebol é também Doentes por Futsal. Assim, falaremos bastante também da Liga Futsal, que começa hoje.

A Liga Futsal 2013 é a décima oitava edição da principal competição do salonismo brasileiro e uma das principais do mundo.

A primeira temporada foi disputada em 1996 e teve o S.C. Internacional/Ulbra (RS) como grande campeão. Na história da competição, o Rio Grande do Sul tem oito títulos, Santa Catarina tem quatro conquistas, Minas Gerais e São Paulo possuem dois títulos e o Rio de Janeiro tem um título.

A Associação Carlos Barbosa Futsal (ACBF), do Rio Grande do Sul e a Associação Desportiva Jaraguá, de Santa Catarina, com quatro títulos cada, são os maiores vencedores da competição.
A temporada 2013 da Liga Futsal será disputada por dezenove associações, que jogarão entre si em grupo e turno único na primeira fase, classificando as dezesseis equipes melhores colocadas para a segunda fase. 

As dezesseis equipes classificadas serão então divididas em quatro grupos, com quatro equipes cada, que jogarão entre si, em ida e volta, dentro dos grupos. Classificam-se os dois primeiros colocados para as quartas-de-final, e a partir daí haverá jogos eliminatórios de ida e volta, incluindo a grande final.

Aqui, apresentaremos cada equipe desta que é a maior competição do futsal brasileiro.

 

CIA. DO TERNO/MINAS (MG)

O Minas Tênis Clube é uma das instituições desportivas e sociais mais tradicionais do Brasil, tendo sido fundada em 1935 e contando com 73 mil associados e atividades em diversas modalidades esportivas Seu futsal remete à década de 50. Após alguns anos inativa, a modalidade voltou em 1987, sempre com destaque, seja na categoria adulta ou nas categorias de base. A equipe venceu a Taça Brasil por duas oportunidades (2002 e 2012).

O Minas participou de todas as edições da Liga Futsal, sendo o único clube com esta marca, e tem uma característica peculiar de sempre revelar excelentes atletas para o futsal nacional. O atual treinador é Paulinho César Cardoso, que já treinou a equipe na temporada 2002/03 e que tem excelentes passagens pelo futsal paranaense (Umuarama) e catarinense (Krona/Joinville). 
O elenco do Minas, seguindo a tendência de temporadas anteriores, mescla jovialidade e experiência e, entre bons nomes, os destaques são o experiente goleiro Biachinni e o ala/pivô Diego Belém, ambos presentes nas últimas convocações da Seleção Brasileira de Futsal.

MINAS

Foto: reprodução – minastenis.com. Tradicional participante da Liga Futsal, o Cia. do Terno/Minas entra mais uma vez com uma equipe jovem e competitiva.



COPAGRIL/SEMPRE VIDA/DALLPONTE FUTSAL (PR)

Fundada em 1974, a equipe de futsal da cidade de Marechal Candido Rondon (576 km de Curitiba) passou a destacar-se no cenário do futsal paranaense a partir de 2001. Com o nome de Copagril Futsal, a equipe foi campeã paranaense da chave Ouro (principal divisão do salonismo no Estado) em 2009 e vice-campeã da Liga Futsal em 2010, sendo esta a melhor colocação de uma equipe do estado na história da competição.

A equipe manda seus jogos no Ginásio Ney Braga, que comporta 4.200 pessoas. O treinador é Marquinhos Xavier, que para esta temporada possui um grupo bastante modificado em função da saída de diversos atletas, como os alas Gadeia e Dyego. 
O goleiro e capitão Quinzinho é um dos destaques da equipe, assim como o também experiente ala Murilo, de passagens destacadas pelo futsal catarinense (Krona/Joinville) e pela seleção brasileira, em 2010. O pivô Diego (ex-Colégio Londrinense), em sua primeira temporada na equipe, pode ser um dos pontos positivos deste grupo na temporada.

COPAGRIL

Foto: reprodução – copagril.com. Com um elenco bastante reformulado, a Copagril espera mais uma vez seguir entre as principais forças do futsal nacional.



MUFFATÃO/SOL DO ORIENTE/FAG/MION/CASCAVEL (PR)

Fundado em 1991, o Cascavel Futsal, da homônima cidade, é uma das mais bem sucedidas equipes do futsal paranaense. São cinco títulos estaduais, incluindo a hegemonia do futsal paranaense no momento, com as conquistas de 2011 e 2012. Tradicional representante do Paraná na Liga Futsal, a equipe participou em 2006 pela primeira vez da competição. Em 2012, licenciada, não participou.

O Ginásio da Neva (1.500 pessoas) é a casa do Cascavel Futsal. A equipe sofreu uma reformulação em seu elenco, com a saída de diversos atletas de destaque das últimas temporadas. Para esta temporada, o treinador Nei Victor contará com o retorno do experiente pivô Fred, destaque de Cascavel em temporadas anteriores, que após passagens pelo futsal catarinense e nordestino, retorna a equipe que o projetou. 
Destacam-se ainda o fixo e capitão Issamu e os alas Caça e Rafinha. Na Taça Brasil de Futsal, a equipe perdeu o goleiro Christian, com lesão no joelho. Para o seu lugar foi contratado Adi, ex-Colégio Londrinense.

CASCAVEL

Foto: reprodução – gazetadoiguaçu.com. Adeirton (55) e Caça (10) são dois dos destaques de Cascavel há algumas temporadas.



OI/OPPNUS/PENALTY/UMUARAMA (PR)

A Associação de Futsal de Umuarama (580 km de Curitiba), fundada em 2003, é um projeto extremamente bem sucedido, servindo de referência administrativa para outros clubes no estado. 
Campeão da principal divisão de futsal do Paraná (Chave Ouro) em 2007 e 2008, a equipe foi semifinalista da Liga Futsal de 2009, em sua segunda participação na competição, sendo eliminada pela Associação Desportiva Jaraguá/Malwee. Umuarama mandará seus jogos no ginásio Amálio Vieira da Costa.

Na temporada 2013 a equipe será dirigida pelo experiente Fernando Malafaia, que foi treinador do Umuarama em 2011. No elenco, treze atletas são remanescentes da temporada 2012, como o capitão e experiente fixo Boni. 
A equipe perdeu o ótimo goleiro Djony para o futsal catarinense (CSM/Pré-Fabricar/Jaraguá) e contratou sete reforços, com destaque para o experiente ala Augusto, que tem passagens por diversos clubes do Sul e pelo futsal paulista, e para o ala Silva, ex-São José Futsal, terceiro na artilharia da Liga Futsal de 2012.

UMUARAMA

Foto: reprodução – umuaramailustrado.com. Umuarama espera fazer mais uma boa participação na Liga Futsal.

 

OPPNUS/MARINGÁ (PR)

O Centro Integrado de Assistência Gerador de Movimento para Cidadania (Ciagym), de Maringá (436 km de Curitiba), foi fundado em 2006, herdando a paixão do torcedor maringaense após a extinção da outrora tradicional Associação Marigaense de Futsal (Amafusa). 
A equipe foi vice-campeã paranaense em 2008 e terceira colocada no ano passado, quando participou pela primeira vez da Liga Futsal. Cabe lembrar, no entanto, que a cidade já havia sido representada em outras oportunidades na Liga Futsal, pela Amafusa.

O Ciagym Maringá Futsal fará seus jogos no ginásio Chico Neto, que comporta 7.000 pessoas. Para a temporada 2013, Adolpho Amorim, profundo conhecedor do futsal maringaense, estará no comando. A equipe apostou numa reformulação, com a saída de nomes experientes como Augusto e Macdovall e as contratações de jovens apostas. 
Destaque para o experiente goleiro Danilo (ex-ACBF) e para o fixo Roberto (ex-Umuarama e Cascavel), que atuaram em 2012 e seguem no grupo. A equipe trouxe o ala Lucas Selbach, vice-campeão da Liga Paulista 2012 por Pindamonhangaba, e um velho ídolo do torcedor, o pivô Thiago Bolinha (ex-São José Futsal), artilheiro do Paranaense de 2008.

MARINGÁ

Foto: reprodução – diario. Adolpho Amorim comanda mais uma vez a equipe maringaense.



POKER/AGRÁRIA/DALBA/GUARAPUAVA (PR)

Fundado em 1996, o Clube Atlético Deportivo representa Guarapuava (252 km de Curitiba) pela primeira vez na Liga Futsal. Campeão paranaense da Chave Ouro em 2010, a equipe é, certamente, uma das que mais evoluíram dentro do salonismo paranaense, com um projeto de sucesso baseado na gestão coletiva, que mobiliza a cidade em torno do futsal. A equipe joga no ginásio Joaquim Prestes (4.000 pessoas).

A temporada de 2013 do clube mal começou e já ocorreu uma troca no comando técnico, com a saída do treinador Brigadeiro (ex-goleiro e capitão da própria equipe) e a chegada de Baiano, que foi campeão paranaense com a equipe em 2010 e estava no São Lucas, de Paranavaí (PR). 
Após um 2012 alternando altos e baixos, a equipe para 2013 foi rejuvenescida. O goleiro Dudu (ex-Intelli/Orlândia), o ala Biro (ex-Copagril) e o fixo Paulo Henrique (ex-Belenenses, de Portugal) são o aporte de experiência da equipe. Juntam-se a eles os pivôs Macdovall (ex-Intelli/Orlândia e Ciagym Maringá) e Vini (ex-Krona Joinville e Umuarama) e os alas Pábrio (ex-Botafogo) e Leanderson (ex-Cabo Frio).

GUARAPUAVA

Foto: reprodução – cliqueesporte.com. Estreante na Liga Futsal, Guarapuava espera fazer uma boa campanha.



ASSOEVA/UNISC/ALM/VENAX (RS)

Fundada em 1982, a Associação Esportiva de Venâncio Aires, representa a homônima cidade gaúcha (130 km de Porto Alegre). A primeira participação da equipe na Liga Futsal foi em 2010, tendo disputado todas as edições da competição desde então.
A equipe manda seus jogos no ginásio Poliesportivo, que tem capacidade para 5.000 pessoas, e surge como um projeto forte no tradicional e competitivo futsal gaúcho, que já rendeu o vice-campeonato gaúcho nas temporadas de 2009 e 2010.

No comando da equipe desde a temporada 2012, o ex-jogador Morruga espera poder repetir a boa campanha na Liga da temporada passada, quando a equipe terminou em sexto lugar na primeira fase. Dentre os seis reforços para esta temporada estão a experiência do ala Esquerda (ex-Atlântico Erechim) e do pivô Mancha, que tem passagens por diversas equipes do futsal do Sul e do Rio de Janeiro e estava no Botafogo-RJ.

ASSOEVA1

Foto: reprodução – assoeva. Contando com o apoio da sua fanática torcida, a Assoeva espera uma melhor colocação na Liga Futsal 2013.

 

ATLÂNTICO/APTI/URI (RS)

O Clube Esportivo Recreativo Atlântico, representante de Erechim (375 km de Porto Alegre), foi fundado em 1915, tendo representação em diversas modalidades, dentre as quais o futsal ocupa lugar de destaque. 
Campeão gaúcho (série Ouro) em 2011 e vice-campeão em 2008 e 2012, a equipe de Erechim foi vice-campeã da Liga Futsal em 2005. Há duas semanas o clube sagrou-se campeão da Taça Brasil de Futsal, ao vencer na decisão o Krona/Joinville.

Após o bom começo de temporada em 2013, a expectativa do torcedor aumentou em torno da participação na Liga Futsal. O treinador Cigano tem um jovem e talentoso elenco à sua disposição, com destaque para o goleiro Gaúcho e para o fixo Alemão. 
Keké, artilheiro da Liga Futsal 2011 e pouco aproveitado pela Krona/Joinville na temporada passada, chega à equipe para solucionar a falta do homem de referência em quadra.

ATLANTICO

Foto: reprodução – globo.com. Campeão da Taça Brasil 2013, o Atlântico pode mais uma vez surpreender os favoritos.

 

CARLOS BARBOSA FUTSAL (RS)

Fundada em 1976, a Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF), representa hoje o projeto mais bem sucedido do salonismo nacional. Representante da cidade gaúcha de Carlos Barbosa (104 km de Porto Alegre),venceu a Liga Futsal por quatro vezes (2001, 2004, 2006 e 2009), foi nove vezes campeã gaúcha (Série Ouro), conquistou duas Taça Brasil de Futsal (2001 e 2009), três Copas Libertadores de Futsal (2002, 2003 e 2011) e três Mundiais de Clubes (2001, 2004 e 2012).

Treinada pelo experiente Paulinho Sananduva, a ACBF, como grande potência do futebol nacional, entra em qualquer competição como favorita e, obviamente, na Liga Futsal 2013 não será diferente. 
Para a temporada 2013, a equipe contratou seis reforços, em posições pontuais, com destaque para o goleiro Baranha (ex-Atlântico, Krona/Joinville e Copagril), eleito melhor jogador do Gauchão 2012, o fixo Júlio (ex-Krona/Joinville) e o pivô Anderson (ex-Bento Gonçalves Futsal), artilheiro do Gauchão 2012. Estes reforços juntam-se ao fixo, capitão e selecionável Rodrigo, artilheiro da Liga Futsal 2012.

ACBF

Foto: reprodução – acbf. Liderados pelo fixo e capitão Rodrigo, a equipe de Carlos Barbosa é uma das favoritas na Liga Futsal 2013.



PASSARELA/ÁGUIA SEGUROS/IACC/UNIMED/CONCÓRDIA/UMBRO (SC)

A Associação Concordiense de Futsal (ACF), da cidade de Concórdia (480 km de Florianópolis), foi fundada em 2006, sendo um recente e crescente projeto do futsal catarinense, que vem obtendo bons resultados. A equipe participou da Liga Futsal pela primeira vez em 2011, ano em que também conquistou a Divisão Especial do Catarinense de Futsal. 

A equipe do treinador Serginho tem por característica a aposta em jovens promessas reveladas no futsal local. Na temporada 2013, não poderá contar com o pivô Duda, artilheiro da temporada passada. Em compensação o clube trouxe o ala-direita Biel (ex-Chapecoense) e o pivô Felipe, revelado pela A.D. Jaraguá e que estava na Rússia (Tyumen). Estes reforços juntam-se ao ala Serginho Paulista, recém convocado para a seleção brasileira.

CONCORDIA_serginho_paulista

Foto: reprodução – globo.com. Recém convocado pela Seleção, o ala Serginho Paulista é um dos destaques de Concórdia.



CSM/PRÉ-FABRICAR/ADJ/FME (SC)

Fundada em 1992, a Associação Desportiva Jaraguá, de Jaraguá do Sul (182 km de Florianópolis), é um dos maiores clubes da modalidade no Brasil. A equipe possui quatro títulos da Liga Futsal (2005, 2007, 2008 e 2010), seis conquistas na Taça Brasil de Futsal, quatro Superliga de Futsal, oito estaduais e seis Libertadores de Futsal. 
A primeira participação na Liga Futsal foi em 2000. De 2001 a 2010, a equipe teve parceria com a empresa Malwee, configurando a era de ouro da equipe, que tornou-se referência de futsal espetáculo em todo o Brasil.

A equipe segue comandada por Sérgio Lacerda e para esta temporada conta inicialmente com 18 atletas. Da temporada passada, seguem apenas cinco jogadores no elenco, com destaque para o fixo Lê e o pivô Hugo. Dentre os novos contratado, destaque para o goleiro Djony (ex-Umuarama e Santos), o ala Nenê (ex-Botafogo e Guarapuava), o pivô Léo (ex-Copagril e Corinthians) e o ala Pepita (ex-Intelli/Orlândia e São José Futsal). Jaraguá também conta com uma forte divisão de base, que sempre revela excelentes jogadores.

CSM JARAGUÁ

Foto: reprodução – blogjaragua. A.D. Jaraguá espera reviver os anos de ouro da sua história no futsal.

 

FLORIANÓPOLIS FUTSAL (SC)

O Florianópolis Futsal, ou Floripa Futsal, como é popularmente conhecido, participa pela sexta vez da Liga Futsal. A equipe foi semifinalista da Liga Futsal em 2009 e 2011. Na temporada 2012, ficou em um modesto 14º lugar.

Passando por dificuldades financeiras, a equipe ainda não fechou um contrato de patrocínio máster. Por isso, o treinador Vandré Costa conta com um elenco reduzido de apenas 15 atletas, sendo 11 jogadores revelados nas escolinhas de futsal da capital catarinense. 
O time tem como referência em quadra o trio formado pelo fixo e capitão Antônio e pelos alas Márcio e Renato, remanescentes das melhores campanhas da equipe na Liga Futsal. Juntamente com o experiente goleiro Ney, eles formam o quarteto de jogadores acima dos 30 anos que tem a missão de comandar em quadra os mais jovens.

FLORIPA_Alvinho

Foto: reprodução. Após mais de 20 anos de dedicação ao futsal, Alvinho (9) será o desfalque de Floripa na Liga Futsal 2013.



KRONA/JOINVILLE FUTSAL(SC)

Fundando em 2006, o Krona/Joinville Futsal, da homônima cidade (180 km de Florianópolis), sempre teve forte investimento. Ancorado por um grande aporte financeiro, a equipe hoje é uma das mais fortes do Brasil.
Esta é sua oitava participação na Liga Futsal. Em 2007 e 2012, a equipe foi vice-campeã. Além disso, o clube possui ainda uma Taça Brasil de Futsal (2011), uma Superliga de Futsal (2012) e dois títulos catarinenses (Divisão Especial), em 2009 e 2010.

A equipe comandada pelo treinador multi-campeão Fernando Ferretti ficou com o vice-campeonato da Taça Brasil 2013 e é uma das favoritas ao título da Liga Futsal 2013.
No elenco, composto por 21 atletas, catorze permanecem da última temporada e sete são as contratações. Dentre os contratados, destaque para a chegada dos experientes fixos Daniel Sakai (ex-Botafogo) e Valença (ex-Copagril), do ala Dyego (ex-Copagril) e do pivô Deives (ex-Intelli/Orlândia e Santos). Estes novos contratados juntam-se a uma legião de estrelas, como o goleiro Tiago, o ala Valdin e o pivô Vander Carioca.

KRONA

Foto: reprodução – krona.com. Com uma das equipes mais fortes do país, a Krona/Joinville é uma das favoritas ao título.



A.D. SÃO BERNARDO FUTSAL (SP)

Fundando em 2010, a Associação Desportiva São Bernardo Futsal, da cidade de São Bernardo do Campo (região metropolitana de São Paulo), estreia na Liga Futsal. O projeto conta especialmente com a proposta de formação de atletas, além da expectativa de, em curto prazo, figurar entre as principais forças do futsal paulista.

A equipe do treinador Luiz Antonio Severo conta com um grupo de atletas jovens, com pouquíssima experiência na competição. O destaque da equipe é o ala Paulinho Netto, artilheiro da equipe na temporada, que deve figurar entre as revelações da temporada.

SÃO BERNARDO

Foto: reprodução – futsalinterior.com. São Bernardo espera fazer bons jogos, aproveitando a jovialidade do grupo, nesta Liga Futsal.

 

ADC INTELLI/ORLÂNDIA (SP)

Campeã da Liga Futsal 2012, a Associação Desportiva Classista Intelli, da cidade de Orlândia (364 km de São Paulo), fundada em 1977, é um bem sucedido projeto do futsal paulista. A equipe irá participar da sua décima Liga Futsal e, além do título nacional de 2012, possui três títulos paulista (2003, 2010 e 2011) e uma Superliga de Futsal (2013).

Para a temporada 2013, a equipe do técnico Cidão segue como uma das favoritas ao título da competição. Nove dos atletas que jogaram a temporada 2012 seguem no grupo, sendo cinco campeões mundiais com a Seleção Brasileira, com destaque para o craque Falcão.
As novidades são as contratações do ala Cabreúva, que retorna a Orlândia após algumas temporadas no Corinthians, e do pivô Sinoê, multicampeão pela ACBF.

ORLANDIA

Foto: reprodução – globo.com. Contando com o apoio da empolgada torcida orlandina, a forte Intelli defenderá o título.

 

S.C. CORINTHIANS PAULISTA (SP)

Um dos clubes mais populares do Brasil, o timão também possui tradição no futsal nacional e retornou com força máxima a partir de 2000. Presença constante nas últimas edições da Liga Futsal, o Corinthians busca o título inédito em sua galeria, que inclui sete campeonatos paulista e duas Taças Brasil de Futsal (1974 e 2010). 

Para a temporada 2013, a equipe comandada pelo treinador Miltinho segue com a filosofia de fortes investimentos. Alguns atletas, como Danilo Baron, Deivão e Cabreúva, saíram. Para suprir a ausência destes importantes jogadores, chegaram o goleiro Diogo (ex-Botafogo) e os alas Bruno Sousa (ex-Copagril e Santos) e Fernando Oliveira, que estava no Gazprom-Ugra, da Rússia. 
A grande contratação da equipe é o experiente e campeoníssimo fixo Schumacher, que retorna ao Brasil após anos atuando na Europa. Estas contratações juntam-se a um elenco que já conta com renomados atletas, como Franklin, Paulinho Japonês, Simi e Lukaian.

CORINTHIASN

Foto: reprodução – globo.com. Paulinho Japonês, Simi, Schumacher e Franklin. Experiência e qualidade a serviço do Timão.



SÃO CAETANO/DRUMMOND (SP)

Fundado em 2003, o São Caetano Futsal é um importante centro do futsal paulista. A equipe participará pela terceira vez seguida da Liga de forma independente. Isto porque, em outras oportunidades, havia uma parceria com o S.C. Corinthians. 

A equipe do treinador Marcel Guilhermon tem na juventude o seu ponto forte. Para a temporada 2013, a equipe não contará com o goleiro Erick e com o ala Dengue, que se transferiram para o Palmeiras. Os destaques da equipe são o ala Douglinhas e o pivô Caio Barros.

SÃO CAETANO

Foto: reprodução – federaçãopaulista. São Caetano espera surpreender e chegar à segunda fase.



SÃO JOSÉ/VALE SUL/UNIMED (SP)

O representante da cidade de São José dos Campos (94 km de São Paulo) é uma das equipes mais tradicionais do futsal paulista. Com um longo histórico de participações na Liga Futsal, a equipe do Vale do Paraíba é costumeiramente um celeiro de jovens valores.

Para a temporada 2013, a equipe joseense, treinada por Ivan Gomes, aposta na mescla de jovens com atletas experientes. Oito atletas saíram da equipe e oito foram mantidos no elenco, que conta com o experiente fixo Goda. Para 2013, foram contratados os alas Danilo Baron e Deivão (ex-Corinthians), o fixo Wilsinho (ex-São Caetano), o pivô Caio Junior (ex-Concórdia) e o goleiro Cidão, que estava na Espanha.

SÃO JOSE_Danilo

Foto: reprodução – blogsaojose. Danilo Baron é a grande esperança joseense nesta Liga Futsal.



SÃO PAULO/SUZANO/PENALTY (SP)

O Tricolor do Morumbi, no futsal, segue na sua trajetória “mambembe”. Após a parceria em 2012 com a equipe paranaense do Colégio Londrinense, a equipe está novamente mandando seus jogos no estado de São Paulo, desta feita em parceria com a cidade de Suzano (34 km de São Paulo).

Na temporada 2013, o treinador Fernando Cabral irá ter a sua disposição um elenco bastante jovem, que em quadra deverá ser liderado pelo experiente goleiro Pezão. Também se destacam o fixo Ferrugem e o pivô Felipinho. Johnny Gomes, ala, revelado em Suzano, é a única contratação para a Liga, após atuar em Santa Catarina e Paraná na temporada de 2012.

SÃO PAULO

Foto: reprodução – spfc.com. Com um elenco bastante jovem o Tricolor espera por bons resultados nesta edição da Liga Futsal.

A tabela completa, com os jogos e maiores detalhe da classificação da Liga Futsal 2013, você pode acompanhar aqui e claro na Doentes por Futebol.



As palavras e ideias colocadas no texto são de responsabilidade do autor, e não necessariamente representam as ideias do site.

O site é formado por um conjunto de pessoas que pensam diferente entre si, e nasceu de uma comunidade do Orkut em que sempre se privilegiou o debate. Não faria sentido, neste outro espaço, ignorar o debate e falar de cima para baixo.

O Doentes por Futebol, como site, continua sendo um espaço de troca de ideias, como era e ainda é a comunidade Doentes por Futebol no Orkut e agora também no Facebook. Se você não concorda, discorde, argumente, mas não parta para a ofensa.

O campo de comentários é sua arma, use-a com precisão, não soltando disparos aleatórios.

Natural de Telêmaco Borba-PR e criado em meio à "boemia futebolística", com horas de papo sobre futebol, samba e cervejas na pauta. Influência do pai, que também adorava futebol, e da mãe, que sempre apoiou a iniciativa. Técnico em Eletrônica, formado desde 1999, e fanático por futebol, futsal, futebol de praia, society e todo esporte que tenha no futebol a sua essência.